Primeiro dia da Novena ao Espírito Santo

 primeiro dia

Oração Inicial

 

Dir.: Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo.

Todos: Amém.

Dir.: Queridos irmãos e irmãs, que a nossa novena de hoje nos ajude a abrir o coração e a mente para compreender e acolher a Palavra de Deus.

Todos: Vinde Espírito Santo, enchei os corações de vossos fiéis e acendei neles o fogo do vosso amor.

Dir.: Espírito Divino, de misericórdia infinita, peço-vos abrir o caminho da santidade, das graças divinas, da harmonia, do amor e da adoração à Santissima Trindade, da bem-aventurança para nós aqui reunidos, para nossa família, para todos aqueles que te invocam como também para todos aqueles que desconhecem e não creem na sua existência divina.

Todos: Vossa luz e graça nos façam alcançar tudo o que por bondade e misericórdia divina nos dais de presente para que o nosso amor aumente e se aperfeiçoe sempre mais, para maior amor e glorificação à SANTÍSSIMA TRINDADE por meio do Imaculado Coração da Virgem Maria.

Dir.: Dá-nos dos vossos dons e frutos. Permiti que sejamos canal da divina Caridade, templos da presença divina e mensageiros da harmonia e do amor.

Todos: Amém.

 

Dir.: Deus, vinde em nosso auxílio.

Todos: Senhor, apressai-vos em socorrer-nos.

Dir.: Glória ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo.

Todos: Como era no princípio, agora e sempre. Amém.

 

Cântico:

Senhor, vem dar-nos SABEDORIA,

que faz ver tudo como Deus quis,

e assim faremos da Eucaristia

o grande meio de ser feliz.

Dá-nos, Senhor, esse dom, essa luz,

e nós veremos que o Pão é Jesus!

Dir.: Vinde, Espírito da SABEDORIA, desprendei-nos das coisas da terra e infundi-nos o amor pelas coisas do céu.

L1: Vinde, Espírito Santo, enchei os corações dos vossos fiéis e acendei neles o fogo do vosso amor.

Todos: Vinde renovai a face da terra.

(repete-se por 7 vezes)

 

Todos: Ó Maria, que por obra do Espírito Santo concebestes o Salvador, rogai por nós.

 

Reflexão:

Se tratando das coisas deste mundo, Santo Tomás de Aquino, diz que a norma da sabedoria é: conhecer, mais do que amar. Tratando-se, porém, de Deus, temos que amar, mais do que conhecer. É que, a respeito deste mundo, e mais ainda a respeito de Deus, o nosso conhecimento é sempre falho e limitado, ao passo que o amor é sempre mais profundo, e tem maior perfeição.

Esse amor é um dom do Espírito, que tudo penetra, e tudo considera, diante de Deus. Quando alguém se deixa dominar por esse amor, vê e julga tudo com os olhos de Deus, ou melhor, da sua Sabedoria, que sempre irá preocupar-se mais com o que é divino, do que com aquilo que é deste mundo.

Por este dom da Sabedoria as almas santas de todos os tempos chegaram às alturas da contemplação, vivendo mergulhadas em Deus, sempre mais conhecido e amado em suas perfeições. No entanto não podemos pensar que esse dom seja um privilégio exclusivo dos santos; pelo contrário, todos nós recebemos, com o Batismo, os dons do Espírito, e eles só esperam pela nossa colaboração através do amor a Deus, para nos elevarem à perfeição. Foi o que nos ensinou São Paulo ao escrever: Nós todos que refletimos, como num espelho, a glória do Senhor, somos transformados nessa mesma imagem, cada vez mais viva e luminosa (2Cor 3,18).

Peçamos ao Espírito Santo a sabedoria de viver sempre com Deus, em meio ao mundo que nos rodeia e tanto nos solicita, para que, em nossa vida de cada dia busquemos sempre a glória de Deus e a salvação das almas.

 

Todos: Pai nosso...

Dir. Nós vos agradecemos Deus Todo-Poderoso e Misericordioso, por todos os benefícios que nos tendes concedido. Vós que viveis e reinais pelos séculos dos séculos.

Todos: Amém.

 

Sugestão para praticar: "Aceitar com humildade, alguma advertência que me fizerem, mesmo que eu esteja certo".

 

 

SIGA-NOS NO FACEBOOK