Setenário à Nossa Senhora das Dores

4

De 8 a 15 de setembro fiéis e devotos de Maria, Mãe de Deus e nossa, se reúnem para celebrar o Setenário de Nossa Senhora das Dores. O setenário relembra as principais dores que a Mãe Maria sofreu com a paixão, morte e sepultamento de Jesus. Junto à cruz a Mãe de Jesus torna-se Mãe de todos os homens e da Igreja Católica.

Esta devoção à Nossa Senhora das Dores possui fundamentos bíblicos, pois é na Palavra de Deus que encontramos as sete dores de Maria: o velho Simeão, que profetiza a lança que transpassaria (de dor) o seu Coração Imaculado; a fuga para o Egito; a perda do Menino Jesus; a Paixão do Senhor; crucifixão, morte e sepultura de Jesus Cristo.

Maria, por meio da dor que sofreu, ensina como superar o sofrimento, confiando em Deus. Unir-se às dores de Maria é unir-se também às dores de Nosso Senhor Jesus Cristo.

Nós, como Igreja, não recordamos as dores de Nossa Senhora somente pelo sofrimento em si, mas sim, porque também, pelas dores oferecidas, a Santíssima Virgem participou ativamente da Redenção de Cristo. Desta forma, Maria, imagem da Igreja, está nos apontando para uma Nova Vida, que não significa ausência de sofrimentos, mas sim, oblação de si para uma civilização do Amor.

Nossa Senhora das Dores, rogai por nós!

 

SIGA-NOS NO FACEBOOK