top criancaseadolescentes3

PROJETO ESPERANÇA

O PROJETO ESPERANÇA “GIUSEPPE GUTTILLA” (SONORA MS)

Dia das_Criancas_008_MediumsOBJETIVO GERAL
O PROJETO ESPERANÇA é uma entidade civil, beneficente filantrópica, sem fins lucrativos, de caráter preventivo, visando a inclusão social através de atividades educacionais e culturais, proporcionando a garantia dos direitos da criança e do adolescente, cumprindo o seu papel no desenvolvimento bio-psico-social do público-alvo, assegurando a freqüência escolar e conseqüentemente levar a um bom aproveitamento dos estudos, prevenindo a marginalização e minimizando a exclusão social, através de atividades sócio-educativas, no horário alternativo à escola formal. Afastar e prevenir as crianças e adolescentes da prostituição e do uso das drogas e bebidas alcoólicas.

A entidade atende crianças e adolescentes sem distinção de raça e credo religioso, pertencentes a família de baixa renda, em situação de vulnerabilidade social, proporcionando as mesmas a possibilidade de um desenvolvimento integral harmônico, favorecendo a integração na sociedade por meio do reforço escolar, suplementação alimentar, praticas desportivas, atividades artesanais, oficinas culturais, debates e trabalho sobre cidadania, religião, moral e ética.

OBJETIVOS ESPECÍFICOS DA INSTITUIÇÃO
Nos seus trabalhos sócio-educativos, de assistência e promoção humana a Entidade tem como finalidade atender prioritariamente a população com baixos recursos em situação de risco e problemas particulares desde crianças e adolescentes com os seguintes objetivos específicos:

•  Família : fomentar a emancipação, fortalecendo os vínculos afetivos, acompanhando-a e ajudando-a a desenvolver o seu papel de geradora e educadora de cidadãos sadios no corpo e na mente, e mostrando que existem outras alternativas para ajudar no orçamento familiar que não seja a prostituição infanto/juvenil.

•  Crianças , adolescentes: garantir a proteção e não violação dos direitos da infância e juventude, de ambos os sexos, sem distinção de cor, raça ou credo religioso, favorecendo o desenvolvimento integral e harmônico dos mesmos e a integração na sociedade e no mundo do trabalho. Favorecer o acesso ao estudo e a prepará-los para enfrentar o risco da prostituição sem envolver-se ou cair nela, ajudando na luta contra o uso de drogas e de qualquer dependência química, com atividades preventivas, de emergência e de acompanhamento.

•  Saúde : atuar de modo particular com ação preventiva no combate a fome, detectando e auxiliando as crianças com problema de desnutrição. Quer, com a distribuição de alimentos, roupa, ajuda financeira e outra, visando diminuir o sofrimento e o desespero de quem não tem o necessário para viver dignamente, procurando infundir a esperança.

•  A comunidade local: envolver o entorno, sensibilizando acerca dos objetivos propostos, aproximando a comunidade do projeto, disponibilizando todos os recursos humanos, econômicos e materiais, para ser agente ativo de promoção e transformação na sociedade, buscando apoio na rede socioassistencial oferecida na cidade e região.

CARACTERÍSTICAS DA POPULAÇÃO
O trabalho desenvolvido pelo Projeto Esperança atende uma população, na grande maioria, oriunda dos bairros, caracterizados como bairros carentes, localizados nos bolsões de pobreza da cidade.

Na grande maioria são famílias numerosas, com problema de violência doméstica, com falta da figura paterna, ou a mesma com sérios problemas de alcoolismo ou droga e desemprego, cuja ocupação principal é de trabalhador braçal, operário com trabalhos ocasionais e bóia - fria. As mães, muitas solteiras, com baixa escolaridade, não possuem o ensino fundamental completo.

A renda familiar é constituída de um ou dois salários mínimos, situando-se abaixo da linha de pobreza.

PÚBLICO-ALVO
Atender 200 crianças/adolescentes, de ambos os sexos, divididos em grupos de 1ª série, 2ª série, 3ª e 4ª série, de 5 a .a 8 a serie. Considerando a idade, respeitando suas capacidades individuais e a escolaridade dos atendidos, no horário alternativo ao horário escolar, de segunda a sexta.

A imprescindível participação das voluntárias : A participação da comunidade local, através de pessoas voluntárias, vem contribuindo substancialmente na dinamização dos serviços e na própria integração social dos atendidos.

Elas estão sempre se articulando para colaborar com as atividades do projeto, conscientes das dificuldades que se apresentam.

Essa participação social do voluntariado é muito importante, pois só com sua cooperação tem sido possível manter a qualidade nos serviços prestados, bem como a diversificação das atividades que possibilitam a real inclusão social.

Realização de eventos : Promove uma leitura do calendário e dos espaços culturais, favorecendo a valorização das raízes, através de realização de festas e participação em eventos.

SIGA-NOS NO FACEBOOK